Arquivos de tags: africano

Trial Begins for Big Game Hunter Accused of Murdering Wife on African Safari, Claiming It Was Accidental

Lawrence Rudolph and his wife Bianca traveled to Africa multiple times to hunt big game.

Em setembro 2016, the couple traveled to Zambia so Bianca could kill a leopard. Ela não teve sucesso, mas ela matou outros animais em sua viagem de caça de três semanas.

O casal estava se preparando para deixar seu acampamento de caça no Parque Nacional de Kafue na manhã de outubro. 11 quando Bianca morreu com um tiro fatal de espingarda no peito.

Rudolph, um ex-dentista da área de Pittsburgh, disse à polícia da Zâmbia que ouviu o tiro enquanto tomava banho e que encontrou sua esposa no chão do quarto sangrando no peito.

He suspected that the shotgun had been left loaded from the hunt the previous day and that the discharge occurred while Bianca, sua esposa de 34 anos, was trying to pack the shotgun into its case, de acordo com uma denúncia federal obtida pela PEOPLE.

Larry Rudolph

Larry Rudolph

Larry Rudolph.
o Facebook

Although Zambia law enforcement ruled her death as an accidental discharge, federal authorities in the U.S. were not convinced, ultimately accusing him of killing his wife so he could collect millions of dollars in life insurance benefits. Rudolph was charged with foreign murder and mail fraud.

He goes on trial this week in U.S. District Court in Denver.

Larry Rudolph

Larry Rudolph

Larry and Bianca Rudolph.
o Facebook

Jury selection began Monday, and opening statements are expected Tuesday.

Also on trial with Rudolph is his alleged girlfriend and former manager of his Pittsburgh dental business, Lori Milliron. She is accused of perjury and being an accessory after the fact.

Rudolph manteve sua inocência.

This is an outrageous prosecution against Dr. Larry Rudolph, a man who loved his wife of 34 years and did not kill her,” Rudolphi’s attorney, David Oscar Markus, said in a statement obtained by PEOPLE after he was charged. “De volta 2016, his wife had a terrible accident during a hunting trip in Zambia. The investigators on the scene concluded it was an accident. Several insurance companies also investigated and agreed.

As autoridades federais se envolveram no caso depois que um amigo de Bianca disse às autoridades em outubro. 27, 2016, que ela queria que o FBI investigasse a morte de sua amiga porque ela suspeitava de crime, alegando que Rudolph havia traído sua esposa e estava tendo um caso no momento da morte dela.

“[Amigo] said Lawrence had been verbally abusive in the past and that the two had had fights about money,” a reclamação afirma. “Friend also said she believed the cremation to have been against Bianca’s wishes because Bianca was a strict Catholic who had once expressed disapproval that friend’s husband was cremated. de forma similar, friend stated, ‘Larry is never going to divorce her because he doesn’t want to lose his money, and she’s never going to divorce him because of her Catholicism.'

Trees in a park, Kafue National Park, Zambia

Trees in a park, Kafue National Park, Zambia

dar / S.VANNINI/De Agostini via Getty Images

De acordo com a denúncia, o chefe consular nos EUA. Embaixada na Zâmbia disse ao FBI que conversou com Rudolph sobre a cremação do corpo de sua esposa.

O chefe consular disse ao FBI que tinha “um mau pressentimento sobre a situação, que ele achava que estava se movendo muito rápido. Como resultado, ele viajou para [a funerária] com dois outros da embaixada para tirar fotos do corpo e preservar qualquer evidência potencial,” a denúncia alegada.

O chefe consular disse ao FBI que Rudolph estava “lívido” quando Rudolph descobriu que tinha ido ver o corpo de Bianca e tirado fotos.

“Além da evidência do motivo - o seguro procede e o possível desejo de viver abertamente com [uma] namorada — provas adicionais recolhidas durante a investigação suportam [a] conclusão de que há causa provável para acreditar que Bianca Rudolph não morreu por acidente e foi, em vez, morto por Lawrence Rudolph,” a denúncia alegada.

Em um arquivamento dos advogados de defesa de Rudolph, escreveram que Bianca queria ser cremada.

“Os agentes’ crença de que o Dr.. Rudolph cremou os restos mortais de sua esposa para destruir as evidências provadas falsas, pois sua vontade expressamente direcionou a cremação,” os estados de arquivamento. “Além disso, a alegação do governo de que o Dr.. Rudolph planejou “fugir do escrutínio rigoroso e manter o controle das evidências,’ é totalmente falso. Os investigadores da Zâmbia, que governou a morte acidental, sustentou que o Dr.. Rudolph não fez nada para influenciar indevidamente a investigação ou obstruir a justiça.”

As autoridades disseram que Bianca não poderia ter se matado com esse tipo de espingarda por causa de seu cano longo. Um médico legista do Colorado opinou que “seria fisicamente impossível disparar acidentalmente esta espingarda em seu estojo de transporte e produzir o defeito de entrada observado no corpo da Sra.. Rudolph,” a reclamação afirma. “Avançar, seria extremamente difícil, se não for impossível, para a senhora. Rudolph para alcançar o gatilho desta arma mesmo que fosse colocada no estojo com o cano pressionado contra o peito.”

An arrest warrant was issued for Rudolph on Dec. 22, 2021. He was indicted in early January, 2022 in Colorado, where one of the insurance companies involved is based.